Entre em contato: (43) 3371-2500
contato@hospitalaraucaria.com.br

12 de Setembro de 2017

Uso racional de antibióticos minimiza infecção hospitalar

Médica intensivista e infectologista, Dra. Raquel Bergamasco é a nova integrante da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital Araucária. Dentre seus papeis, está cuidar para que o hospital mantenha os baixos índices de infecção e que os pacientes usem a medicação correta e necessária ao passarem por procedimentos cirúrgicos.

De acordo com ela, o infectologista é uma peça importante dentro de um hospital porque é uma área que se relaciona com todas as outras. “Pacientes de qualquer especialidade podem desenvolver uma doença infecciosa, o especialista está no hospital para orientar esses casos e também para prescrever o uso racional de antibióticos”, pontua. Aliás, tomar antibióticos sem correta orientação é um perigo e já traz prejuízos a todos, como o surgimento das bactérias multirresistentes. “Sem os cuidados corretos, com o uso indiscriminado de antibiótico, há um impacto no hospital de seleção bacteriana. As bactérias multirresistentes são difíceis de tratar, não há novos antibióticos surgindo, é preciso fazer o uso correto desse tipo de medicamento”, alerta.

Dra. Raquel reforça que a banalização do antibiótico foi muito prejudicial para a saúde. “A obrigatoriedade da receita médica para comprar o medicamento é recente. Víamos o vizinho receitando antibiótico, a tia, a amiga, é preciso saber que existem diferentes bactérias e diferentes sítios (locais no corpo) de infecção. Se o uso não for correto, além de não funcionar, vai promover a seleção de micro-organismos”, ressalta.

Nos casos de procedimentos cirúrgicos, a especialista explica que há antibióticos que são usados de maneira profilática, ou seja, para minimizar os riscos de uma infecção. Para cada tipo de cirurgia, há um tipo de medicamento indicado. “Temos uma tabela aqui no hospital que descreve cada cirurgia e qual é o antibiótico indicado para aquele caso. E também estamos à disposição dos médicos para orientação quando acharem necessário”, finaliza.

Compartilhe.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS

Receba informações e novidades em seu e-mail, basta se cadastrar
abaixo gratuitamente.